segunda-feira, julho 31, 2006

Esperança

Em 1998, a revista “Ultimato” publicou, na pág 20 do número 251, um artigo intitulado “Esperanças” no qual afirma:

“... há três tipos de esperança.... Um deles... focaliza a vida presente: a saúde, os bens materiais, a realização pessoal e a superação dos embaraços que impedem a alegria de viver... os que tem este tipo de esperança nada mais esperam depois da morte cerebral... O segundo tipo focaliza a vida futura: a eliminação da morte e do mal, a felicidade eterna... é o nirvana... o paraíso... a era messiânica... os novos céus e nova terra... O terceiro tipo de esperança focaliza a vida presente e a futura. É uma mistura do primeiro e segundo tipos. Repudia tanto o materialismo ateu como o adiamento eterno da felicidade. Não acredita em utopias humanas, mas não se ausenta da sociedade, onde se afirma como agente do bem...”

É a este terceiro grupo que eu quero pertencer. É esta a minha esperança e minha fé.

Um comentário: