segunda-feira, dezembro 18, 2006

Sa-fa-de-za, capítulo ∞

Agora, o Sr. Aldo Rabelo, pretende fugir da insensatez da sua decisão afirmando que o aumento abusivo e imoral dos salários dos congressistas vai ser pago por cortes orçamentários do Congresso Nacional.
Isto é safadeza, pois não é isto que provoca a ira da população, não. É a absurda diferença entre o valor do salário da maioria e o que pretende esta "elitizinha" metida a besta.
Quanto ao argumento que li na coluna do Paulo Moreira Leite, no Estadão, que o desempenho dos congressistas não justifica tal salário, afirmo: mesmo que fossem um poço de eficiência, tal remuneração para um servidor público é imoral. Ponto final.
Sem engano.
Ah, o texto abaixo parece não ter nada a ver com o assunto, mas tem. Leia com atenção.

Um comentário:

Lou Mello disse...

Sinto uma grande vergonha. Não se devia confessar... Bom, arriscarei, uma a mais ou a menos, não fará a menor diferença:

Me envergonho de ser brasileiro.

Lou