quinta-feira, dezembro 21, 2006

Ctrl C + Ctrl V

Uma bela descrição:


“O dia terminava. Nos últimos raios do sol os Cavaleiros projetavam sombras longas e pontudas que os precediam. A escuridão já penetrara embaixo das florestas murmurantes de abetos que cobriam as encostas íngremes das montanhas. Agora o rei cavalgava devagar no fim do dia. De repente, a trilha contornou uma enorme saliência de pedra nua e mergulhou na escuridão das arvores que suspiravam suavemente. Foram descendo cada vez mais numa longa fila sinuosa. Quando finalmente chegaram ao fundo da garganta, viram que a noite já caíra nos lugares profundos. O sol se fora. O crepúsculo se deitava sobre as cachoeiras.

Tolkien, J. R. R.

“O Senhor dos Anéis”

Terceira parte, "O Retorno do Rei" p. 53

2 comentários:

Lou Mello disse...

O que? Tolkien? Fica lendo esses caras subversivos, fica; daqui a pouco você vai estar igual os outros. Todo mundo lendo só o seu blog e neca de passar lá na Gruta para ler umas verdades. Também, quem é que está a fim de verdades, realidades, essas insignificâncias. Claro que o Tolkien diz verdades, só que a maioria não entende. Também gosto do Tolkien, principalmente quando acho, nos livros, essas pérolas.

Chris disse...

Feliz Nataaaaaaalllllll!!!!!!!!!!!!!!!!!!