quinta-feira, novembro 02, 2006

Tragédia de Erros (à moda de Shakespeare)

A Folha de hoje resume o que pode ter acontecido no fatídico vôo da Gol:
"...Tudo somado, há uma sucessão de erros. O original deles foi a autorização da torre de São José dos Campos para o vôo se realizar em 37 mil pés, mas isso poderia ter sido corrigido com a comunicação entre o avião e o Cindacta-1, pelo transponder e o sistema anti-colisão e, finalmente, pela determinação de que o Boeing desviasse, ou para cima ou lateralmente, como determinam as normas internacionais e nacionais de segurança de vôo."
Outra consequência dessa "sucessão de erros" é a crise na aviação nacional provocada pela reação dos controladores de vôo, que acabou com o lazer de muita gente neste feriadão.
Resta saber se aprenderemos alguma coisa desta tragédia e se providências (além desta "greve") serão tomadas. Quem viver, verá.

Um comentário:

Jorge disse...

Meu caro
Apenas para registro da minha vista