segunda-feira, junho 19, 2006

Bussunda...

Não acompanho Casseta e Planeta, afinal não recebo o sinal da Globo aqui no meu refúgio, mas tive várias oportunidades de ver o Bussunda atuando.
Sua morte, lamentável sem dúvida, me lembrou de uma ocasião quando eu, encarregado de convidar um preletor para a aula inaugural de um curso gerencial, optei por fugir dos temas comuns e convidei um conhecido e excelente humorista de Sorocaba: Ribas, o Marvadão, que publica coluna diária num jornal da cidade, O Cruzeiro do Sul. Pedi-lhe que falasse sobre "A Função Social do Humor". Foi um sucesso e o preletor, sem fazer piada, expôs a necessidade essencial do humor na vida do ser humano, tanto individual quanto social.
Só posso concluir que ao perder Bussunda, perdemos um auxílio na difícil arte de viver em sociedade.

3 comentários:

Lou disse...

Concordo com você. Pena que ele não gostava de São Paulo, como a Regina Casé, o Chico Buarque, a dupla Gil e Caetano, entre outros artistas globais.

Paulo Brabo disse...

Os loucos são os sãos, quando morre um todo mundo perde.

Anônimo disse...

Greets to the webmaster of this wonderful site. Keep working. Thank you.
»