quinta-feira, agosto 02, 2007

Herro Umano...

A primeira frase da reportagem de capa da revista Veja desta semana – sobre o terrível acidente aéreo em Congonhas - começa com dois erros: a palavra em si e afirmar que houve “erro humano”.
Erro humano é um pleonasmo. Só existe erro humano! A fauna e a flora não cometem “erros”, o clima, os astros e os movimentos tectônicos não cometem “erros”. Erro é condição humana e portanto, todo erro é humano! Se o acidente do avião da TAM fosse causado por uma pane mecânica, ainda assim seria um erro humano! Por que? Porque tal equipamento foi projetado e fabricado por seres humanos; portanto sua falha é humana!
A prática de acrescentar o têrmo “humano” à palavra “erro” provém da milenar tentativa humana de se esquivar das responsabilidades, ao levantar a hipótese de que outro, que não seja o próprio homem, possa ter errado. “Quem?! Eu!? Não, eu não errei, não. Quem errou foi a serpente...”
Deixemos de rodeios: todo erro é humano e todo humano erra.
Salvo engano.

3 comentários:

Lou Mello disse...

Você não entendeu. Erro humano, nesse caso, quer dizer: o piloto que morreu e não pode defender-se.

georgia aegerter disse...

Exatamente por ai Lou.

Gostei das fotos scaneadas, pode continuar.

Boa semana pra vocês

Chris disse...

Hehehehehe, já vi que estás atento.
Lá no orkut, entrei numa comunidade:
"Perdoai os jornalistas, Senhor". Perdoe vc ta,bém, por favor...rs...são tantos herros umanos, que até me assustam. Parecem os donos da verdade, mas que raça ruim!!!
Vi as fotos antigas tb e gostei muito, acho que vou comprar um scaner tb.
Exxcelente semana
Chris